Cirurgia Preservadora do Joelho - alternativa para a não utilização de prótese.


O joelho é uma das articulações que mais sofre os efeitos da sobrecarga articular, causando dor e dificuldade para realizar atividades corriqueiras do dia a dia, como subir e descer escadas, levantar do sofá ou cadeira, até caminhar. O processo de degeneração articular (desgaste) acontece quando a carga sobre a cartilagem excede a capacidade de tolerância da articulação

- sobrecarga, causando então fissuras, irregularidades e até erosões.

Ao ficarmos em pé, ao andarmos, o peso do nosso corpo passa pelo joelho em direção ao solo. Isso faz do joelho um dos locais mais acometidos pela sobrecarga articular. O peso corporal ou eixo de carga atravessa o centro do joelho ou até 8mm para medial. Isso distribui de forma homogênea a carga nesta articulação. Há varias causas de sobrecarga articular, uma das mais impactantes é o desvio na perna ou popularmente: perna torta.

Ter a perna torta significa ter um desvio no eixo do membro inferior. Estes desvios são causados por angulações no osso, podendo ser tanto na tíbia como no fêmur. Esta angulação altera a passagem do eixo de carga sobre o joelho, implicando em sobrecarga articular.

No caso do joelho valgo, há uma sobrecarga lateral, causando dor principalmente na região lateral do joelho. O oposto acontece com joelho varo, a sobrecarga é medial, causando dor principalmente na parte medial do joelho.


Joelho Varo e Joelho Valgo

Ilustração joelho valgo, joelho normal e joelho varo.

Pequenos desvio são suficientes para causar grande impacto articular. O gráfico abaixo demonstra que 6 graus, causam um aumento em quase 30% da carga.


Gráfico HSU

Gráfico da Relação Desvio e Sobrecarga

Fonte: Clin Orthop Relat Res. 1990 Jun;(255):215-27.

Normal axial alignment of the lower extremity and load-bearing distribution at the knee.

Hsu RW1, Himeno S, Coventry MB, Chao EY.

Assim, quanto maior for o desvio, ou seja, quanto mais torta for a perna, mais sobrecarga articular ela causa. Esta sobrecarga degenera a superfície articular, gastando a cartilagem e precipitando o quadro de artrose no joelho.


Ilustração: Como é um joelho normal e um joelho com artrose.

Visando atuar na correção e no realinhamento dos eixos, interrompendo o avanço da artrose, a cirurgia preservadora apresenta-se como uma alternativa a artroplastia (prótese) de joelho. O realinhamento dos membros é uma cirurgia menos agressiva e pouco invasiva, pois mantém a articulação própria do paciente. Ao realinhar o eixo do membro inferior, corrigindo a assimetria e sobrecarga no joelho, o paciente é beneficiado com a diminuição da dor, melhora para andar e retorno mais precoce às atividades usuais.

Corrigir os desvios angulares dos membros inferiores é importante para evitar que a cartilagem seja lesada e assim retardar o aparecimento da artrose. Este é o conceito que guia a cirurgia preservadora do joelho, agir de forma preventiva proporcionando alívio .


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square